sexta-feira

Entrevista de Borat com o Presidente Lula

Borat: "Olá, senhor presidente. Dizem que o senhor tem nome de comida. Como pode explicar isso?"
Lula: "É um apelido. Todos me conhecem pelo apelido de Lula."
Borat: "Apelido? Mas o senhor não tem outros apelidos mais interessantes, que ressaltam de modo pejorativo a sua estatura diminuta, sua mão falha, sua voz e seu modo de falar?"
Assessoria de Imprensa da Presidência da República: "O Presidente não se pronunciará sobre esse tema."
Borat: "Ok! Então nos diga, Lula, como é governar um país tão bem quotado nas rotas de contrabandos mundias?"
Lula: "É muito fácil. Eu tenho bastante apoio aqui."
Borat: "As pessoas gostam do senhor por aí?"
Lula: "É o que dizem as pesquisas."
Borat: "E o senhor também é muito simpático."
Lula: "Eu costumo fazer muitas piadas enquanto governo!"
Borat: "Então o senhor acha que governar é uma piada?"
Assessoria de Imprensa da Presidência da República: "O Presidente não se pronunciará sobre esse tema."
Borat: "Ok! Então vamos mudar de assunto. O senhor gosta muito de futebol, não é? Porque o senhor sempre usa o futebol nos seus discursos de governo?"
Lula: "Porque o curingão é o meu time do coração. Todos os brasileiros deveriam ser curintianos. Somos todos maloqueiros e sofredores!"
Borat: "O senhor falta no trabalho para assistir os jogos?"
Lula: "Não. Eu desmarco meus compromissos."
Borat: "Mesmo as viagens internacionais?"
Lula: "Elas não são compromissos."
Borat: "E o que o senhor fez na sua estadia na gloriosa nação do Casaquistão?"
Lula: "Posei para fotos."
Borat: "O senhor vai postá-las no Orkut?"
Lula: "Não. Ela vai pro album de viagens da família."
Borat: "E a viagem não rendeu negociações milionárias?"
Assessoria de Imprensa da Presidência da República: "O Presidente não se pronunciará sobre esse tema."
Borat: "Nem acordos internacionais?"
Assessoria de Imprensa da Presidência da República: "O Presidente não se pronunciará sobre esse tema."
Borat: "Como foi a troca de culturas com a grande nação do Casaquistão?"
Lula: "Ensinei alguns jogos de baralho para o seu presidente."
Borat: "Ele poderá usar isso para o seu governo!"
Lula: "E também comemoramos a festa junina no palácio de governo do Casaquistão."
Borat: "No que essa festa típica pode ajudar nosso grande país?"
Lula: "Eu ensinei todos a dançar quadrilha!"

2 Comments:

At 11:29 da tarde, Blogger carol poppi said...

Dessa vez eu senti falta dos neologismos morfoaglutinantes que costuma criar...

beijos

 
At 11:01 da manhã, Anonymous Caca said...

Huahaauahaahau, sensacional! O presidente não se pronunciará sobre esse tema!

 

Enviar um comentário

<< Home